Caramba, o Volga é ENORME e as estradas são um caos!

Saímos de Monino, Moscou, em direção ao leste. Agora a meta era chegar à fronteira da Mongólia, visitando algumas cidades ao longo do caminho.

Nossa idéia era fazer bons 500km por dia, mas as estradas na Rússia são bastante piores que as estradas brasileiras. A cada 10-20km as estradas cortavam minúsculas cidades, onde a velocidade máxima costuma ser 50km/h. 

Os russos não são exatamente modelos de conduta ao volante, aliás pelo contrário. Dirigir por aqui requer atenção 360˚. Ao ultrapassar aqui na Rússia, é mais importante olhar para trás que para direção que se vai.  Os espertinhos não tem muito respeito pelo nosso velho GSA. 

Até agora nenhum susto, mas dirigimos sempre com 90-100km/h e com bastante distância de tudo e todos. Mas algum traquejo ao volante é indispensável, principalmente para prever algumas situações. Aqui na Rússia é permitido parar na faixa da esquerda das estradas, a faixa de alta velocidade, para fazer uma conversão à esquerda. Um perigo, mas já nos acostumamos. 

Vídeo: um breve resumo do caos (somente as melhores cenas, feitas pelas câmeras de painel, muito populares aqui para evitarem fraudes de seguro):

O Volga!
Nossa primeira parada seria Nizhny Novgorod, cidade localizada à beira do imponente rio Volga. 

Claro que havíamos ouvido falar do Volga, mas jamais imaginaríamos a sua dimensão, ele é enorme! A cidade de Novgorod é esplendida. 

Em comum todas as cidades russas tem um calçadão, muita vida noturna no verão e uma serenidade difícil de explicar. Diferente do trânsito, as pessoas são calmas, hospitaleiras, simpáticas e naturais. Aqui não tem muito aquele exagero que observamos em Moscou. 

Após Novgorod, Ufa nos esperava! 

No próximo post, nossa maior distância percorrida em um único dia, 950km! 

Abraços

Clemente

 Calçadas de Novgorod

Calçadas de Novgorod

 As passagens subterrâneas são cheias de pinturas.

As passagens subterrâneas são cheias de pinturas.

 Forte e a lua

Forte e a lua

 Rio Volga e a cidade histórica. 

Rio Volga e a cidade histórica. 

 O primeiro russo a dar a volta no polo norte voando! Especial para o Gerard! 

O primeiro russo a dar a volta no polo norte voando! Especial para o Gerard! 

 Sabe como é, proibido  estacionar, não dava para colocar o tripé no meio da rua. Logo falta um de nós na foto!  rsrs

Sabe como é, proibido  estacionar, não dava para colocar o tripé no meio da rua. Logo falta um de nós na foto!  rsrs